Mudar é muito difícil

Não, este post não é sobre nos mudarmos, mudarmos de casa, de cidade ou de país, e desapegarmos de tudo e todos que nos cercam.
Este post é sobre mudarmos internamente. Mudarmos hábitos, reações, condicionamentos.
A primeira coisa que posso te dizer com toda a certeza do mundo é: se você não quiser muuuuito mudar, você não muda. Se alguém quiser que você mude ou você achar que mudar pode ser bom, mas sem convicção, esquece! Nada vai acontecer.
Mesmo quando nós queremos é muito difícil conseguirmos mudar. Precisamos implantar um esforço enorme para conseguirmos ver algum resultado na mudança.
Então se nós pensamos em querer que o outro mude, vale a pena considerar que essa possibilidade é bem remota. Quantos casais vejo reclamando: mas ele/ela não muda! Não muda mesmo, é assim… Mais vale aceitarmos os outros com as características deles e eles nos aceitarem com as nossas.
Agora se você tem algo que queira muito mudar (por você, não pelo outro. Acho que as mudanças sempre têm que ser por nós mesmos) daí vai fundo, coloque todo o seu foco, seu objetivo, mentalize, não desista e seja resiliente.
Eu adoro e vivo querendo mudar características minhas e, vira e mexe, percebo que estou tendendo a voltar para o comportamento antigo…
Mas lembre-se que quando você muda cada característica sua, você muda várias coisas e comportamentos.
Então vale a pena pensar e considerar as mudanças. E mergulhar de cabeça, sempre, em tudo nessa vida!

Submit a comment

catorze − dez =