O famigerado pão de sogra (sogra do meu pai = Vó Teresa)

Eu poderia só colocar a receita aqui e pronto. Mas não poderia perder a oportunidade de contar uma historinha.
Eu sempre achei que o nome desse pãozinho era pão de sogra. Só bem mais tarde entendi que esse era o nome que o meu pai tinha dado para esse pão, que a minha vó fazia divinamente e é um dos principais gostos da minha infância.
Esse, especificamente, não vai canela (ainda bem, porque eu não amo canela). Mas se você quiser, é só misturar no recheio ok?

1 copo de leite morno
1 envelope de fermento biológico seco (10gr) ou duas colheres de sopa de fermento biológico fresco
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa bem rasa de sal
2 colheres de sopa de farinha de trigo.

Mistura bem tudo, fica um mingauzinho, deixa levedar por mais ou menos 20 minutos.

Junte 2 ovos
3 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de manteiga derretida
1 caixinha de creme de leite (opcional).

Bate bem e vai acrescentando farinha de trigo, até ficar aquela massa parecida com a da pizza, que solta da mão, fica bem lisinha e fácil de abrir, mas nem muito dura, nem mole.
Abre a massa de espessura grossinha, mais grossa que pizza.
Recheia com 3 colheres de sopa de manteiga misturada com 5 ou 6 de açúcar (bate bem a manteiga com açúcar até ficar bem cremoso. Acrescenta açúcar ou manteiga, se precisar, mas tem que ser bem cremoso para facilitar esparramar) enrola como rocambole e corta fatias de 2 dedos.
Coloca em assadeira bem untada ou forrada com papel manteiga untado com óleo. Deixa crescer por uma a duas horas. Eles dobram o volume.
Asse em forno médio, mais ou menos por 40 minutos.
Depois de assado, regue com leite misturado com bastante açúcar e volte ao forno já desligado, só para secar. Ele fica brilhante.

Quando você fizer, me chame para comer junto 😀

Se você é muito ruim na cozinha, saiba que você não está sozinho aqui!

4ever3:paodesogra

Submit a comment

4 + dois =