O tempo e as certezas

blog ampulheta
A juventude é uma coisa incrível! Temos uma beleza que não tende a voltar, a coragem de um guerreiro, um ânimo inesgotável, muitas certezas! As coisas são preto no branco! Ou é ou não é! Temos uma facilidade de postular as coisas: Isto é certo, aquilo é errado, este tem razão!

Ao mesmo tempo que vamos descobrindo o mundo, as certezas, a energia, os radicalismos vão esvanecendo, como aquelas fotografias em que as cores vão ficando mais atenuadas e as dúvidas começam a aparecer.
Aprendemos a não julgar, a não agir por impulso, a nos colocar no lugar dos outros, a pensar antes de agir. Pelo menos deveríamos passar por todos esses processos.
Quase nunca esses processos são fáceis e, para gerarem uma transformação em nós, costumam ser dolorosos. Essas são as experiências que vão nos marcando, nos moldando, nos transformando,pelo menos teoricamente, em pessoas mais lúcidas e mais evoluídas.
Afinal, se não for para isso, para que vivemos mesmo?
Adorei esta matéria que compara os 20 com os 30 anos! Agora gostaria de uma que comparasse com os 40, pois a verdade é que já estou mais perto desta.
Espero que saiamos todos enriquecidos e, como sempre, nos gere dúvidas e questionamentos.
Beijos a todos
http://lounge.obviousmag.org/perplexidade_e_silencio/2015/04/aos-20-x-aos-30.html

2 Comments

  1. Teve tempo que achei que fosse cheio das certezas, que é isso, ou é aquilo e me achava decido e achava um máximo… hoje a vida já mostra que é mais que isso, certezas e pre-definições são coisas criamos, acabam sendo apenas pontos de vista. O lado da dúvida, de ver de outra vez e do questionamento acabam sendo mais enriquecedores.
    Ótimo texto!

    • É isso mesmo Rodrigo!
      Somos ensinados de que as certezas vêm com o tempo, mas talvez seja ao contrário… as incertezas vêm com o tempo!
      R não é que estou achando isso bom?
      Obrigada pelo comentário e pelo elogio!
      Beijos

Submit a comment

17 − 14 =