O legado da auto-estima!

Desde que me lembro como gente que meu sonho sempre foi ter uma carreira e uma família que incluísse filhos. Demorei para tê-los, sempre quis ser mãe muito nova, e embora isso tenha seus pontos negativos, tem alguns muito positivos.

E um deles foi ter percebido que, para mim, o maior legado que posso deixar para meus filhos é a sua auto-estima.

Depois de muito observar, percebi que muitas pessoas a quem coisas menos positivas acontecem e que têm alguns padrões de comportamento auto-destrutivos têm uma característica em comum, uma auto-estima baixa.

Há muitos anos que meu nível de consumismo vem caindo drasticamente, desde que percebi isso que acabo de escrever, ele caiu mais ainda, e a minha preocupação hoje em dia não é que minha filha tenha muitas coisas, e sim que seja uma criança, adolescente e adulta que se ame, aceite e valorize. O resto, é o resto. Como vou fazer isso? Não existem fórmulas, a vida irá me ensinar. Sem stress, que no final tudo dará certo, é só preciso saber o que se quer e não perder o foco e a alegria.

Assim que acabei de escrever as linhas acima veio-me uma pergunta à cabeça. Mas será alguém capaz de ensinar isso, se ela mesmo não desenvolveu a sua?

É um questionamento que temos de fazer a nós mesmos.

Mas enfim, questionamentos, valem o que valem. 😉

Beijos

Submit a comment

sete + 17 =