A importância de falhar

Jean Pierre Lebrun

“… O processo de humanização começa pelo entendimento de que jamais haverá a satisfação completa. É esse o curso saudável das coisas.” – Jean-Pierre Lebrun

“Na Renascença já se falava disso: não somos humanos, nós nos tornamos humanos.” – Jean-Pierre Lebrun

A minha educação não foi particularmente boa a ensinar-me a falhar. E, se por um lado isso tem algo de positivo, tem a pressão de não saber reagir ao insucesso, coisa que considero muito importante. Por isso esse texto me chamou tanto a atenção. Ele está direcionado a quem é pai e mãe, mas na realidade acho que serve para todo o tipo de relações e para nós em relação a nós mesmos.
Claro que cada pessoa que lê, lê segundo sua perspectiva e tira suas elações e, no fim das contas, é isso que verdadeiramente importa.
Como é a sua relação com seus erros e suas falhas?
Beijinhos
http://www.fronteiras.com/entrevistas/ensinem-os-filhos-a-falhar

 

Submit a comment

13 − seis =