“I thought of using these Lily of the Valleys rather than those thorny roses…”

4ever3:ingles3By Virginia Langhammer

Fiquei muito feliz quando a Fezinha, a Mari e o Rod me convidaram para ser colaboradora do 4ever3. Sempre acompanhei os posts que às vezes são úteis, outras vezes engraçados, e muitas vezes uma simples e boa reflexão sobre a vida. Se você quer parar 1 ou 2 minutinhos no meio do dia, este blog é um bom lugar para vir.
Bom, aqui estou eu escrevendo meu primeiro post e pensando qual tema seria útil à maioria dos leitores. Decidi então dar algumas dicas simples de como melhorar o seu inglês, já que passei (e ainda estou passando) por este desafio.
Quando me mudei a NY, a falta de fluência em inglês foi o meu maior empecilho a me adaptar. Como você deve imaginar, não basta apenas entender o que os locais falam, você precisa também conseguir se expressar em todas as situações.
Se eu fosse falar sobre tudo o que fiz para aprimorar meu inglês, este post ficaria muito longo e você não o leria até o fim. Então vou deixar aqui apenas algumas sugestões simples e práticas.
Algo que me ajudou muito a entender a pronúncia correta de palavras que são difíceis para nós, brasileiros, foi um canal online chamado Rachel’s English.
Você sabe como pronunciar as consoantes “th” no inglês? Sabia que existe uma forma vozeada – com vibração das cordas vocais – e uma forma não vozeada? Pois é. Eu não sabia.
Em seu canal, a Rachel ensina esta e muitas outras pronúncias específicas do inglês dos Estados Unidos. Ela explica detalhadamente como movimentar os lábios e a língua pra conseguir o som desejado.
No vídeo abaixo ela explica sobre as diferentes pronúncias possíveis das consoantes “th”, e ensina passo a passo a pronunciar cada fonema da sentença “I thought of using these Lily of the Valleys rather than those thorny roses…” Você irá se surpreender com os detalhes:
https://www.youtube.com/watch?v=VUAYmTnWaCY&index=1&list=PLrqHrGoMJdTTxnYDCdHPRcHCXLGDMbIGy
Além do Rachel’s English, que tem o foco na pronúncia do inglês dos Estados Unidos, gosto também do canal Anglo-Link, que tem o foco em gramática e é baseado na Inglaterra.
Uma grande vantagem destes canais do YouTube é que você não precisa de muito tempo para estudar, pois cada lição tem uma duração de poucos minutos. Uma desvantagem é que os dois canais são completamente em inglês, portanto não são indicados para iniciantes, já que é preciso ter um nível básico-intermediário para conseguir acompanhar. Para os verdadeiros iniciantes sugiro o Duolingo (duolingo.com), que é gratuito e funciona muito bem pra aprender o básico.
Veja abaixo os links para os dois canais que mencionei e deixe a sua opinião, sugestão ou pergunta nos comentários deste post.
Enjoy!
Rachel’s English:aqui
Anglo-Link: aqui
A partir de agora veremos mais vezes por aqui.
Até o próximo post!

4ever3:ingles2

Submit a comment

dezenove + quatro =